Montando uma pequena estufa no jardim

A estrutura pode ser feita de metal, que terá uma duração muito maior ou em madeira. A forma pode variar, mas basicamente a grande maioria tem a forma de uma pequena casa, isto é, quatro paredes e um telhado a duas águas, ou semi circular.

COMO AS FOTOS INDICAM:

Diferentes estilos possíveis de formas de estufa e telhado.

tela de sombreamento

O mais tradicional, com a forma de uma pequena casa ou capela e uma ventilação na extremidade superior. Para melhorar a ventilação, você pode usar tela de sombreamento, que evita a entrada excessiva de sol e ajuda na passagem de ar, diferente do plastico para estufa.

estufa com tela de sobreamento

Ele deve fazer uma porta, que pode ser de correr ou de abertura normal, e no prazo detrês placas, que vão de canto a canto traçado do contorno do viveiro, isto é, contra a parede para receber tanta luz solar são colocados e sobre eles, vasos de plantas, devidamente dispostos em fileiras.

INTERIOR DE UMA ESTUFA

Também é necessário levar em conta a questão da irrigação, que é fundamental para garantir a permanência das plantas vivas. O mesmo pode ser um sistema de irrigação elétrica programado.

que seria o ideal, poder dar o tratamento especial requerido por cada planta em particular e evitar o desperdício de água, ou seja, fazer uma irrigação mais direcionada e, portanto, mais efetiva, porque o fator negativo que tem irrigação artificial é esse, que distribui uma camada uniforme de água, a mesma para todas as plantas, e nem sempre todas precisam da mesma quantidade que as outras, existem plantas que vivem com menos água do que outras.

Outra coisa importante a ter em mente , é que a água, se o uso indevido da irrigação, pode ir a lugares que não devem ir e deteriorar os elementos que compõem a estufa, o contato com a madeira da estrutura e o pequeno a ventilação, adicionada às altas temperaturas no interior, produz fungos.

EXEMPLOS E FOTOS DE DIFERENTES ESTUFAS

Estufa pequena com tela de sombreamento

Modelo de estufa com tela de sombreamento sombret. Essa estufa é ideal para locais onde o calor é intenso e o plantio precisa de proteção.

 

Tabela FIPE: você sabe como utilizar?

A tabela Fipe é uma tabela criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP e serve para informar aos motoristas o preço médio dos veículos, para que assim, seja possível ter ideia do valor de venda dos carros. Essa tabela é utilizada como base para as concessionárias de automóveis definirem o valor de mercado.

Outra parte que pode se beneficiar do uso da tabela Fipe é o consumidor comum, que pode verificar nessa tabela o valor médio dos carros e assim, ter conhecimento de quanto deve ou não pagar por um modelo específico. Essa é uma forma de garantir e gastar um preço justo pelos automóveis.

Que carros posso consultar na tabela Fipe?

A Fipe oferece ao usuário três opções, são elas: consulta de carros e utilitários pequenos, consulta de caminhões e micro-ônibus e consulta de motos. Por isso, os motoristas de todos os tipos de veículos têm a chance de conferir o valor médio de um modelo específico de veículos.

O que eu preciso saber para consultar o valor de um veículo?

Ao acessar a tabela Fipe, você encontrará três opções para pesquisar o valor médio dos veículos, são eles: selecionar a marca do veículo, logo na sequência é necessário selecionar o modelo do veículo e, por fim, será solicitado o ano modelo do veículo.

A Federação Instituto de Pesquisas Econômicas avisa aos consumidores que o ano que deve ser informado é o de modelo do veículo e não da fabricação. Com essas três informações exigidas, é possível acessar direto o valor médio do carro desejado.

tabela fipe consultar

Outra informação importante sobre a tabela Fipe é que ela é atualizada mensalmente. Por isso, antes de começar a sua pesquisa, o site oficial informa qual é o mês de referência que você está pesquisando. Dessa forma, os valores sempre se mantem atualizado, oferecendo aos motoristas a chance de acompanhar em tempo real a variação do mercado de automóveis.

Guia definitivo do Câncer de Mama

cancer de mama

O câncer de mama é a segunda neoplasia mais frequente e a mais comum nas mulheres. Em 2012 mais de 1,5 milhões de casos foram diagnosticados e a cada ano estima-se que mais de 50 mil casos irão surgir. Apesar da grande incidência, as campanhas de conscientização como o Outubro Rosa têm mostrado a importância da prevenção do câncer de mama, melhorando muito o processo de diagnóstico e tratamento das mulheres, e por consequência, seu prognóstico.

Causas

Em aspectos gerais, o câncer é uma doença que consiste na proliferação desenfreada de células neoplásicas (diferentes das células normais do organismo). A divisão celular dessas populações é tão rápida que ocorrem formações de caroços ou mesmo massas. No caso do câncer de mama, as células mais atingidas são os ductos lactíferos (extratores de leite) e os lobos (produtores de leite).

Embora existam fatores bem delimitados que aumentam a probabilidade do desenvolvimento de câncer de mama, nem toda mulher que os apresente desenvolverá a doença. A causa primária do câncer de mama não foi delimitada ainda, sendo considerada mista (relação genética com fatores externos)

Sintomas

  • Caroços ou inchaço ao autoexame : Embora por vezes possam não ter significado clínico, o autoexame é útil para que a mulher possa, à partir da identificação de uma alteração, procurar um médico para um exame completo.
    • Mudança na textura da mama : Aqui a espessura se altera, chamamos de ‘’mama em casca de laranja’’.
    • Alterações mamilares(perda de secreção, retração, mudança de aspecto, sangramento mamilar)
    • Alteração axilar : Geralmente relacionamos com alterações dos linfonodos axilares.
    Fatores de Risco:

O câncer de mama é um acometimento multifatorial. Ou seja, dificilmente existirá apenas uma causa que explica o aparecimento da doença. Podemos citar, no entanto, fatores que aumentam a probabilidade do desenvolvimento do quadro:

  • Genética: Especialmente relacionado à mutação dos genes BRCA 1 e BRCA 2. Diversos estudos apontam a relação entre câncer de mama e hereditariedade, e mulheres com história familiar apresentam maior risco. Isso vale também para o câncer de mama em homens, entidade rara porém existente, e com prognóstico em geral ruim.
    • Fatores endócrinos: Em especial relacionados ao hormônio feminino, o estrogênio. Diversos tipos de tumores de mama são estrogênio-dependentes, de modo que o nível desse hormônio é indicativo de risco. Podemos citar pacientes que tiveram menarca precoce, uso de terapia de reposição hormonal, menopausa tardia…
    • Sobrepeso
    • Contato com radiação em região torácica
    • Idade (>50 anos)
    • Nulíparas (sem filhos)

Screening

O Brasil conta com diretrizes para o screening específico do câncer de mama. A ideia é rastrear e detectar os casos antes que eles evoluam, fazendo uma prevenção e melhora prognóstica.  O rastreamento no país baseia-se em:

  • Mulheres de 40-49 anos: Devem realizar exame clínico das mamas anualmente, feito por profissional capacitado. Em caso de dúvidas, prosseguir com mamografia
    • Mulheres de 50-69 anos: O exame clínico continua anual, mas a realização da mamografia torna-se obrigatória a cada dois anos.
    • Mulheres de 35 anos ou mais com risco elevado(mutação genética, história familiar de câncer de mama em parentes de 1º grau) : Exame clínico + mamografia anualmente.

Diagnóstico

Partindo da investigação inicial indicada no screening logo acima, a primeira ferramenta em uso é o exame clínico das mamas e dos linfonodos axilares. A mamografia é utilizada principalmente para rastreamento, podendo ser complementada com o US em caso de dúvidas (em caso de mamas muito densas ou quando buscamos saber o conteúdo de um possível cisto).

O exame diagnóstico definitivo é a biópsia do tecido mamário, realizado com uma retirada do tecido usando uma pequena agulha. A análise laboratorial poderá nos elucidar quanto à natureza do tecido.  No momento do diagnóstico firmado de câncer de mama, existem ainda exames que podem ser usados no estadiamento (avaliação do grau do câncer, presença de metástases), como a Tomografia Computadorizada, a Ressonância Magnética…

Tratamento

No Brasil, temos diversos hospitais especializados em oncologia que são muito bem conceituados, como o Hospital do Câncer de Barretos, localizado no interior do estado de São Paulo e o INCA – Instituto Nacional do Câncer.  No primeiro trimestre, chegou no Brasil um tratamento contra o câncer de mama já no estado avançado.

  • Cirurgia: É o tratamento de escolha para a grande maioria dos casos. Em casos de tumores menores, a lumpectomia (retirada parcial de tecido mamário) pode ser realizada. Em casos de risco elevado, tumor muito grande e agressivo ou já espalhado, a mastectomia radical pode ser a opção (retirada de todo o tecido mamário)
  • Radioterapia: Geralmente é utilizada em complementação à retirada de tumores pequenos na lumpectomia.
  • Quimioterapia: É a opção para impedir a metástase e a divisão celular tumoral. Pode ser tanto adjuvante (aplicada após a resolução cirúrgica) ou neoadjuvante (aplicada antes da cirurgia, visando diminuir o tumor). Além disso, é a opção em caso de metástase tumoral.

Qual o seu verdadeiro poder?

Qual o seu verdadeiro poder?

Se você quiser fazer sua marca crescer, terá de aceitar a importância do poder, de seu próprio poder.

O mais importante é lembrar que “Poder” não é palavrão. Na verdade, “poder” é uma palavra que costuma ser mal interpretada e que designa uma capacidade mal utilizada. Não estou falando do tipo de poder ao qual normalmente nos referimos…

Qual o seu verdadeiro poder?

O poder ao qual me refiro não diz respeito a quem exerce o maior poder no escritório, quem ocupa o cargo mais alto ou quem passa por cima dos outros para chegar aonde quer. Estou falando do …

  •  Poder da influência.
  •  Poder de fazer a contribuição mais significativa dentro de sua área específica de atuação.
  •  Poder da reputação.

 Conseguir poder e usá-lo de maneira inteligente, responsável e, poderosa, constituem habilidades essenciais para quem quer fazer sua própria marca registrada crescer e aparecer.

 Uma das coisas que nos atraem em determinadas marcas é o poder que projetam.

 Mesmo no local de trabalho. Há coisas que vale a pena fazer para aumentar seu poder, e que você pode fazer sem ficar parecendo um chato. Você pode fazê-lo de maneira subtil, ou seja, cujo efeito se faz sentir lentamente.

 Por exemplo: sua equipe está encontrando dificuldades em organizar reuniões produtivas. Você se oferece, voluntariamente, para redigir a ordem de trabalhos da próxima reunião. Você estará contribuindo para um melhor desempenho de sua equipe e, ao mesmo tempo, vai decidir o que será incluído ou não na ordem de trabalho. Mostrar que você faz parte da equipe é um grande incentivo para a equipe, além de demonstrar que você não é patrão e sim faz parte da equipe com deveres e responsabilidades.

 Quando chega a hora de escrever o relatório final do projeto, todos os integrantes da equipe começam a procurar desculpas para não o fazer? Peça você mesmo para redigir esse relatório. A mão que segura a caneta (ou digita no teclado) pode escrever, ou ajudar a moldar, a história da organização.

 Mais importante que tudo: lembre-se que o poder é, em grande medida, questão de percepção. Se você quiser que as pessoas o vejam como marca poderosa, aja como líder.

 Quando você estiver pensando como a marca Você, não vai precisar de autoridade recebida da organização para agir como líder.

Você será líder porque o é: você é o líder de Você!

Como vender mais pelo facebook e instagram sem alto investimento

comprar-seguidores

Venda mas no Natal usar o Facebook e o Instagram

Porém para ou seja precípuo ter um análise das etapas de um projeto evidente para fabricar teor e postagens mas criativos para este temporada para ter resultados satisfatórios em suas vendas.

O Facebook é um rede social para relacionamento entre pessoas logo, não use toda suas energias gerando teor pensando apenas em vendas.

E preciso meditar em 75% do seu teor deve contemplar montante ao seu utente e 25% de promover no máximo.

Fato essencial é debutar o mas breve provável a fazer suas postagens sua informação com o seu porvir usuário, para se gerar um maior engajamento e aumentar sua audiência.

Porém que o formato de anuncio mas adequado para encantar seus potenciais compradores?

Formato de anuncio Carrossel

Você insere uma sequência de imagens que chama mas a atenção seu público. Neste formato você usa o mesmo espaço com até 10 imagens ou vídeos, o desigualdade é ser mas ativo por ter a possibilidade do utente permanecer alternando entre os produtos somente com um clique. Se você não possui conhecimento sobre os formatos de anúncios vivo no Facebook leia este post dicas sobre anúncios do Facebook. Neste post você descobrir dicas de que formato é mas adequado ao seu negocio.

Formato de pregão de Vídeo.

Com 100% de certeza vídeos e a mídia que mas encanta e prende atenção do utente. Logo não é alguma coisa que se tenha como descurar, peque seu smartphone e grave um vídeo ao agitado informando sobre seus produtos e serviços.

Há mas eu não palato de chegar na câmera? Sem obstáculos crie uma apresentação de slides no Powerpont, que terá um ótimo resultado.

Venda mas no Natal lembre se para quem é concentrado seus anúncios

comprar-seguidores-reais-brasileiros

Não menos essencial é definir quem deve aceitar esse teor. Você deve conseguir mas resultados se entregar o seu teor para quem possui interesse pelo seu produto ou serviço. Para isto deve direcionar seus anúncios de uma forma segmentada provável isto deve aumentar suas vendas. Você deve aprender alguma coisa mas sobre o objecto neste post sobre segmentação de campanhas do Facebook. E calma, se você não tem seguidores ainda, pode comprar seguidores, método usado cada vez com mais frequência por novos empresários e empresas de pequeno porte.

Priorize o mobile em seus anúncios

No ano pretérito o mobile já superou as conversões de venda feitas pelo PC. logo pense constantemente em passar uma boa experiência mobile ao seu freguês. Entenda o Mobile

Não esqueça de fabricar uma chamada para ação para incentivar e facilitar a tomada de resolução pelo utente

Exemplos: Adquirir agora ou Reservar agora.

Que tal utilizar recurso de promover

Você deve utilizar um recurso interessante, que é o Facebook Ofertas onde ele prioriza seguidores reais e brasileiros e investir em ofertas de venda nessa estação e uma boa forma de incentivar as vendas?

Ofereça neste Natal condições singulares para seu publico, todo planeta precisa forrar nestes tempos de crise ainda mas no término de ano com tantos presentes para adquirir, naturalmente as pessoas ficam ligadas em promover. Porém atenção ofereça promover de verdade ok.

Gerar cupons de desconto é uma ótima forma de atrair pessoas a sua loja física, deve ser de forma! Compre o produto 1 e ligeiro desconto na segunda unidade. Se reunir um e -commerce deve ser código promocional uma boa escolha, porém um e outro podem ser usados se você possui os 2 canais de vendas. Considero uma bela estratégia para aumentar suas vendas no Natal.

As 5 principais vantagens do rastreador veicular

De acordo com dados do Ministério da Segurança Pública, cerca de um carro é roubado no país a cada minuto. Mas os motoristas podem não fazer parte dessa estatística, contando com equipamentos de alta tecnologia, que dão mais segurança ao veículo, como é o caso das vantagens do rastreador veicular.

O rastreador veicular, se você ainda não conhece, é um equipamento que conta com um sistema avançado de geolocalização. O aparelho deve ser instalado dentro do carro.

Uma das vantagens do rastreador veicular é que ele aponta a exata localização do veículo. Além de mostrar se o carro está em circulação e o exato trajeto que ele está cumprindo.

Normalmente, os rastreadores de veículos usam de duas tecnologias modernas:

  • GPS (Sistema de Posicionamento Global): o dispositivo, via satélite, recebe informações diversas sobre o carro.
  • GPRS (Serviços Gerais de Pacote): tecnologia que envia os sinais recolhidos pelos GPS a uma central. Isso é possível por meio de um pequeno chip, semelhante aos que usamos nos aparelhos de telefone celular atuais.

Há ainda rastreadores que funcionam por meio de Radiofrequência. Essa tecnologia capta os sinais emitidos por redes – que possibilitam uma grande cobertura sobre a localização do veículo.

Investir nas vantagens do rastreador veicular é garantir a sua segurança e a do seu veículo. Evita que você tenha prejuízos com roubos e furtos e dores de cabeça para solucionar a situação.

vantagens rastreador veicular

Confira as principais vantagens do rastreador veicular

  1. Altas taxas de recuperação do veículo

Talvez essa uma das maiores vantagens do rastreador veicular. Segundo dados dos fabricantes, a recuperação de veículos furtados ou roubados chega até 98%, aproximadamente.

Esse percentual de recuperação é extremamente alto. Isso se deve ao fato de o rastreador veicular, através de um sistema especial, fazer o bloqueio do funcionamento do carro.

Com isso, quem estiver dentro do automóvel é obrigado a abandoná-lo – já que o veículo simplesmente para de funcionar totalmente. O dono do automóvel, então, consegue saber exatamente o lugar em que seu carro foi abandonado.

  1. Garante a segurança de quem está dentro de um carro roubado ou furtado

Essa é mais uma das vantagens do rastreador veicular. Caso o carro seja roubado ou furtado com o motorista ou algum passageiro dentro do veículo, o sistema reconhece a presença das vítimas. A comunicação com a Polícia Militar torna-se, assim, muito mais rápida e ágil.

Em pouco tempo, a Polícia consegue localizar o veículo com as pessoas dentro dele. Porém, vale ressaltar que, para contar com esse serviço, a maioria das empresas de rastreadores cobram uma pequena mensalidade a parte, para dar esse tipo de assistência ao dono do carro, 24h por dia.

  1. Localização do veículo sem pagar taxas extras

Apenas com o rastreador básico de veículos já é possível contar com o serviço de localização do carro. O dispositivo já oferece esse tipo de informação ao dono do automóvel, sem a necessidade de pagar demais taxas.

Com isso, carros roubados ou furtados são localizados com maior facilidade, assertividade e rapidez. Caso você não tenha condições de pagar por serviços extras, esse já está incluso nos planos básicos dos rastreadores.

  1. Instalação fácil

Diversos modelos de rastreadores não precisam que você pague alguém para fazer a instalação do dispositivo no seu veículo. Isso mesmo. Eles acompanham um Manual de Instruções – que permite que você mesmo instale o seu rastreador veicular sem segredos e de forma rápida.

Normalmente, esses tipos mais básicos de rastreadores precisam de um chip de aparelho de telefone celular. Mas isso você obtém facilmente em algum estabelecimento que venda chips.

Hoje em dia é possível encontrar, até mesmo, vendedores que comercializam chips na rua, nas grandes cidades. Além disso, você não gastará mais do que R$ 15 reais para obter um chip de celular.

  1. Dá para monitorar os sons interiores do carro

Alguns modelos mais sofisticados de rastreadores permitem que o dono do carro escute os sons emitidos no interior do automóvel. Essa é mais uma das vantagens extras do rastreador de carros.

Você pode usar esse recurso, por exemplo, se tiver que deixar por um tempo, crianças ou animais de estimação dentro do carro, enquanto você sai para fazer algo rápido.

Preços de rastreador veicular

É possível encontrar no mercado modelos básicos de rastreador veicular com GPS por a partir de R$ 99. Vale a pena investir para garantir a sua segurança e do seu automóvel.

Tratamentos Para Evitar as Rugas

Há quem diga quem rugas são sinais de que você viveu e que tem história para contar. As rugas até podem ser um indício de sabedoria, mas para a maioria das pessoas, ficar livre delas é um conforto.

Rugas nada mais são do que perda da elasticidade da pele. Este é um fenômeno normal e que acontece conforme vamos envelhecendo e elas podem surgir já a partir dos 25 anos de idade.

como evitar rugas

Mas como podemos prevenir seu aparecimento ou até mesmo amenizar aquelas já existente? Neste artigo apresentaremos para você alguns tipos de tratamento para evitar as rugas.

Prevenção de Rugas

Para entender como podemos prevenir o aparecimento de rugas, é preciso saber como elas surgem.

Fatores como exposição ao sol nos horários mais prejudiciais (das 10 às 16 horas), falta de uso de protetor solar (mesmo em dias nublados), má alimentação, estresse, poluição e não hidratação são fatores que contribuem para o aparecimento de rugas.

Sabendo disso, para prevenir o aparecimento de rugas devemos eliminar estes hábitos incorretos, procurando se alimentar melhor, evitar alimentos gordurosos, cuidar de nosso corpo e mente e ingerir muita água.

Dicas para evitar rugas

  • Caretas: você já deve ter ouvido de sua mãe ou avós que fazer caretas causa rugas. E isso não é mentira. Ficar franzindo a testa faz com que sua pele perca elasticidade com o tempo, gerando novas rugas e piorando as já existentes;

  • Travesseiro: você sabia que dormir causa rugas? É claro que depende da forma como você dorme. As marcas de travesseiros que ficam no rosto podem trazer novas rugas. A dica é mudar de posição sempre que possível ou dormir de barriga para cima;

  • Exercícios: os exercícios não melhoram apenas sua condição física, mas também de sua pele, deixando ela mais elástica e com menos rugas;

  • Evite cigarro e bebidas alcoólicas: o primeiro ponto de ruga para os fumantes é a região em volta da boca. Com o passar dos anos, graças a má circulação do sangue, outras regiões são afetadas. O álcool tem como consequência o inchaço no rosto e isso cria rugas.

Tratamentos para evitar rugas

Os tratamentos estéticos são muito importantes para renovar as camadas da pele e evitar o surgimento de rugas. Confira os principais tipos de tratamento para evitar rugas disponíveis nas estéticas:

Peeling químico: é um tipo de procedimento que remove as células mortas, promovendo a formação de colágeno. É o colágeno que dá o aspecto de firmeza na pele, eliminando assim as rugas;

Botox: a aplicação da toxina botulínica faz com que a pele do rosto se movimente menos e com isso não fique marcada. Com isso, as rugas desaparecem;

Preenchimento: o objetivo é preencher as áreas do rosto afetada com as rugas. Sua aplicação estimula a formação do colágeno. A aplicação mais conhecida desta técnica é como ácido hialurônico;

Laser: o laser também estimula a formação de colágeno e firma a pele;

Tratamentos naturais para evitar rugas

Se você está sem dinheiro para investir em uma clínica estética, confira 3 receitas naturais para fazer em casa. Elas vão auxiliar no tratamento das rugas.

  1. Máscara de argan

Você vai precisar de 2 colheres de iogurte, 1 colher de mel e 12 gotas de óleo de argan.

Bata todos os ingredientes no liquidificador até chegar na consistência de uma pasta.

Lave o rosto antes da aplicação. Depois é só deixar aplicar nas regiões com rugas. Deixe agindo por cerca de 30 minutos e retire a pasta com água morna.

  1. Máscara de beterraba

Bata no liquidificador uma beterraba (corte em pedaços para facilitar), 2 colheres de gérmen de trigo e uma colher de mel.

Deixe esta pasta na geladeira de um dia para o outro. Sempre que desejar, aplique a máscara por 20 minutos. Remova com água morna.

  1. Máscara de damasco

Descasque 2 damascos, retire seus caroços e adicione no liquidificador juntamente com uma colher de mel e uma colher de azeite de oliva.

Aplique o creme no rosto, deixando agir por cerca de 20 minutos. Remova com água morna.

Cuidar da pele é essencial para evitar o surgimento de rugas. Você viu como elas aparecem e também como é possível eliminar e tratar as rugas já existente.

Comece desde já a ter hábitos mais saudáveis e seu corpo sentirá os efeitos desta sua qualidade de vida.

Caso as rugas já estão presentes, comece agora mesmo um dos tratamentos indicados.

Explicando sobre orgânico do facebook

Quer aprender? Fica comigo.

facebook-organico
Agora é praticamente improvável meditar em fazer marketing e vender pela net sem apostar nas redes sociais.

E é irreal falar em redes sociais sem filosofar no Facebook, a rede de maior frase e quantidade de usuários — mas de 1 bilhão em todo o planeta!

Porém, nos últimos tempos o alcance orgânico, isto é, que é alcançado sem a ajuda dos anúncios pagos, diminuiu bastante.

Como isso me afeta? E, mais essencial, como resolver a situação e aumentar seu alcance orgânico no Facebook? É isso que vamos ver agora!

Como funciona o algoritmo do Facebook hoje?

Nada melhor do que descobrir como o algoritmo do Facebook funciona ao qualificar as postagens para escutar de uma vez o que gera impacto sobre o alcance orgânico da sua marca.

Seria improvável listar cá todos e cada um dos fatores que o Facebook usa como medidas, por fim são mas de 100k de itens!

Porém vamos poder somar dizendo que o interesse dos usuários (páginas curtidas, reações a diferentes tipos de postagens, etc) e as interações com os amigos (buscas, visitas às suas páginas, comentários, marcações) são os primordiais.

organico-facebook

Aliás, a rede prioriza:

Postagens de amigos e familiares;

Notícias e informações em tempo real;

Assuntos leves e divertidos;

Postagens que contém valores e princípios que o utilizador compartilha.

O que resta evidente é o interesse do sítio em sustentar o feed de notícias deleitável e atual, sem deixar as interações com amigos de lado para ter ali postagens de marcas.

É essencial também lembrar que esse algoritmo é atualizado e refinado continuamente, logo vale a pena permanecer lerta a qualquer alteração para não utilizar práticas ultrapassadas e perder alcance depois.

Logo, o que o meu alcance orgânico no Facebook diminuiu?

Já deu para ter uma boa noção de número reduzido de parâmetros que o Facebook usa para instituir o alcance orgânico de uma marca.

A competição por atenção favorece outros fatores e deixa as páginas de marca alguma coisa abaixo na lista de prioridades fazendo com que empresas chguem a comprar seguidores.

Existem duas versões para explicar o motivo disso suceder. Veja qualquer uma delas:

A resposta oficial do Facebook

Segundo o Facebook, a razão para isso é muito fácil: Algumas páginas estão produzindo teor interessante e a atenção do utilizador aacaba dividida.

Apesar disso, o website possui a pretensão de mostrar o teor que é mas relevante para os usuários, baseado nos interesses que eles mesmos apontam, e não somente mostrar tudo que é publicado.

Por conta desses 2 fatores, é de aguardar que o alcance orgânico tenha derrubado nos últimos anos, e siga a desabar ainda mas, conforme páginas investem em produzir teor de qualidade.

A teoria mas popular no mercado

Porém a versão de mais paginas relevantes e da quantidade de páginas não convence a a humanidade.

Aliás, a teoria mas popular entre vários profissionais de marketing é que a rede social possui motivos muito mais fortes do que a experiência do usuário.

Acredita-se que esse novo cenário sirva para estimular os negócios que verdadeiramente desejam ter sucesso a buscar isso investindo no Facebook Ads, a plataforma de anúncios pagos do website.

Por conseguinte, erigir uma audiência para si seria somente uma forma de qualificar melhor o seu público- objectivo.

A lascar disso, os dados coletados poderiam ser usados na geração de campanhas pagas de anúncios, a término de de fato produzir leads e conseguir compradores.

Como eu posso contornar essa situação?

Seja ele qual for o motivo desse declínio no alcance orgânico no Facebook, o foco mesmo é descobrir se possui como contornar a situação, não concorda? E a resposta é sim!

Ainda vale bastante à pena investir em redes sociais, principalmente no Facebook.

Deve permanecer despreocupado, ainda é provável conseguir bons resultados sem precisar investir no Facebook Ads ou até mesmo comprando alguns seguidores.

Rodovias mais perigosas do Brasil

Rodovia perigosas no Brasil é o que não falta – causando acidentes e nos casos mais graves, vítimas fatais. Nas rodovias mais perigosas do país soma-se as más condições das estradas a imprudência dos motoristas. Uma fórmula que faz com que os números de acidentes e óbitos sejam realmente preocupantes.

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, no ano de 201,7 foram registrados em rodovias de federais, mais de 89 mil acidentes graves. Desses acidentes, mais de 6 mil pessoas morreram e mais de 83 mil ficaram feridas.

Os números são menores do que os registrados em 2016. No entanto, a instituição ainda considera os dados de 2017 altos e que medidas como investimento de educação no trânsito seriam uma das soluções para reduzir esses índices.

rodovias mais perigosas

A Polícia Rodoviária Federal e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) realizaram um estudo e chegaram à conclusão de quais são as rodovias mais perigosas federais. A análise foi feita no ano de 2016 e levou em consideração a soma do número de acidentes, de pessoas feridas e de mortos.

As 10 rodovias mais perigosas do país

 

  1. Fernão Dias – BR-381. Betim, Minas Gerais

O trecho considerado mais perigoso da estrada vai do Km 490 ao Km 500. O número de acidentes registrado foi de 889. Houveram 237 feridos e 20 mortos.

 

  1. Régis Bittencourt – BR-116. Taboão da Serra, São Paulo

De acordo com o estudo houveram 612 acidentes, que causaram 18 mortos e deixaram 313 pessoas feridas. O trecho mais perigoso da rodovia fica entre os km 220 e 230.

 

  1. BR-101. Palhoça, Santa Catarina

A estrada catarinense também ficou, na pesquisa, entre as rodovias mais perigosas federais do país. O trecho que apresenta mais perigo vai do Km 210 ao Km 220.

No ano do estudo, em 2016, foram registrados 531 acidentes. Ainda foram contabilizadas 229 pessoas feridas e 14 mortas.

  1. Fernão Dias – BR-381. Betim, Minas Gerais

A estrada mineira aparece de novo entre as rodovias mais perigosas federias. Agora, a pesquisa levou em consideração o trecho que vai do Km 480 ao Km 490. Foram 999 acidentes, que deixaram 244 feridos e 12 mortos.

 

  1. BR-316. Marituba, Pará

A estrada paraense registrou 912 acidentes. Desses, 249 pessoas saíram feridas e 13 morreram. O trecho mais perigoso foi considerado o que vai do Km 0 ao Km 10.

 

  1. BR-262. Cariacica, Espírito Santo

A pesquisa revelou maior perigo entre o trecho do Km 0 ao Km 10. O local é via de entrada para a capital do estado, Vitória. Foram 780 acidentes, 291 feridos e 4 mortes.

 

  1. Rodovia Mário Covas – BR-101. Serra, Espírito Santo

Mais uma estrada do Espírito Santo entrou na pesquisa como uma das rodovias mais perigosas do país. O trecho que registrou mais problemas vai do Km 260 ao Km 270.

Ao todo, ocorreram, em 2016, 917 acidentes. Desses, 217 pessoas ficaram feridas e 11 morreram.

  1. Régis Bittencourt – BR-116. Taboão da Serra, São Paulo

Novamente a Régis Bittencourt configura na relação das rodovias mais perigosas federais. O treco de maior perigo é o que vai do Km 210 ao Km 220. Nessa extensão, aconteceram 549, deixando 246 pessoas feridas e 16 mortas.

 

  1. BR-222. Fortaleza, Ceará

A rodovia cearense fez, no ano da pesquisa, 281 feridos e 13 mortos. No total, foram 420 acidentes. O trecho mais perigoso vai do Km 0 ao Km 10.

 

  1. Transamazônica – BR-230. João Pessoa, Pernambuco

De acordo com a pesquisa sobre as rodovias mais perigosas federais do país, a Transamazônica registrou 456 acidentes. 277 pessoas ficaram feridas e 9 morreram.

Acidentes nas rodovias no feriado de 1º de maio, em 2018

Nas rodovias federais de todo o país, a Polícia Rodoviária Federal registrou, no último feriado, que foi em 1º de maio de 2018 (Dia do Trabalhador) 90 mortes. O número de mortos representa um aumento de cerca de 2% em relação ao mesmo feriado, no ano anterior.

Pegar estrada exige muita atenção e cuidado. Jamais ultrapasse o limite indicado e procure viajar com o carro em bom estado. Se você costuma viajar com frequência, vale a pena fazer um seguro auto e garantir aquela proteção extra contra imprevistos.

Atividade física no calor

O verão exige cuidados durante a prática de atividade física. Se a temperatura corporal subir demais pode haver encrencas: cãibra, fraqueza, tontura e desmaio. Fazendo a coisa certa, nada disso acontece.

exercicios

Pingar de suor significa que o corpo luta para manter seus 37 graus Celsius de praxe. A molhadeira nada mais é do que uma estratégia do organismo para resfriar a pele e, assim, impedir que a temperatura vá às alturas. É por isso que durante o exercício, quando cerca de 75% da energia produzida com os movimentos se transforma em calor, a camisa tende a ficar encharcada.

Depois de uma hora de atividade moderada sob o sol, chega-se a perder 1 litro e meio de água. Praticar exercícios quando o clima está quente exige mais do sistema de refrigeração corporal o que pode ser perigoso. O organismo passa a produzir cada vez mais suor. Isso diminui o volume do plasma sanguíneo, comprometendo não apenas o mecanismo de perda de calor, mas também o sistema cardiovascular e a própria capacidade de realizar exercícios, chama a atenção Luiz Oswaldo Rodrigues, fisiologista da Universidade Federal de Minas Gerais. Cãibra, fadiga, tontura e desmaio são sinais de que a temperatura do corpo está passando do ponto.

Ignorá-los é bastante arriscado. O organismo pode sofrer hipertermia ir muito além dos 39° C e parar de funcionar (veja ao lado). Quanto menos condicionada a pessoa estiver, mais rápido os sintomas aparecerão, avisa Rodrigues. Por isso, se você não está acostumado a malhar, não invente de patinar no calçadão, correr na areia ou fazer trekking em pleno meio-dia sem antes se preparar. E, mesmo que seja fã antigo de exercícios, maneire no verão.

As estratégias para o calor e se exercitar numa boa

Para evitar problemas ao malhar no calor do verão, a primeira medida é diminuir o ritmo. A intensidade e a duração da atividade física devem ser menores, aconselha o fisiologista Paulo Zogaib, do Centro de Medicina Preventiva e do Esporte do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Fuja, claro, dos horários mais quentes do dia, com sol a pino. Outro cuidado importantíssimo é a hidratação, que precisa ser feita antes, durante e depois do exercício. O certo é beber água mesmo sem sentir sede, afirma Laíra Campêllo, especialista em Medicina do Esporte da Universidade Federal de São Paulo. Tenha como referência a orientação médica: tomar cerca de 300 mililitros de água (um copo grande) a cada 20 minutos de atividade física. Assim, você repõe o líquido e os sais minerais perdidos durante a transpiração. Daí é mais difícil sofrer cãibras, visão turva e mal-estar.

Quem preferir pode tomar bebidas isotônicas, mas sem achar que, por causa disso, estará mais protegido. Só os atletas têm benefícios trocando a água por esses preparados, desmistifica Laíra. E, claro, nunca é demais avisar que a cerveja, tão querida pelos brasileiros no verão, não serve para reidratar o corpo. A ação diurética da bebida faz com que a pessoa perca mais líquidos do que ingeriu, piorando o quadro, alerta Paulo Zogaib.

Quem pratica atividade física na piscina sofre menos desconforto, desde que não entre na água aquecida um risco e tanto. Em poucos minutos a pessoa pode ter hipertermia, pois a troca de calor com a água é quatro vezes mais rápida do que com o ar, avisa Cláudia Forjaz, professora de fisiologia da Universidade de São Paulo. Já procurar espaços ventilados para se exercitar ajuda e muito. O contato com o ar mais frio resfria a pele, explica a fisiologista. Um parque cheio de árvores, com vento e sombra de sobra, é o cenário perfeito para mexer o corpo na época mais quente do ano.

Com que roupa?

Tirar a camisa para malhar não alivia o calor. A radiação do sol direto na pele esquenta ainda mais, destaca Cláudia Forjaz. Não é à toa que jogar vôlei na praia apenas de sunga ou biquíni cansa um bocado. Para se proteger, o ideal é usar roupas claras elas refletem os raios solares e leves. Se o calor for muito intenso, vale molhar com água uma camiseta de algodão. Outra opção é vestir um daqueles tecidos hi-tech com mecanismos que facilitam a transpiração. Alguns têm furinhos em formato de cone que auxiliam na evaporação do suor, conta Zogaib.

Além dos limites de segurança

O que pode acontecer se você não tomar cuidado ao se exercitar no calor

Cãibras

A perda de sais minerais na transpiração perturba o chamado equilíbrio eletrolítico, que garante o bom funcionamento dos músculos. Daí surgem os espasmos, mais freqüentes no abdômen e na panturrilha (batata da perna).

Síncope

Na falta de bons goles de água ou suco para reforçar a hidratação, o volume de sangue diminui. A pressão arterial cai, gerando fraqueza generalizada, tontura, palidez e desmaio.

Exaustão

Se o volume sangüíneo cai demais, o sistema cardiovascular não consegue garantir o fluxo de sangue para todo o corpo e entra em pane. As células em geral ficam desidratadas, o que provoca descoordenação, vertigem, dor de cabeça, náuseas e vômito.

Choque térmico

Se a desidratação é intensa, o suor diminui e a pele fica seca e quente. A temperatura ultrapassa os 39° C e danifica os mecanismos termorreguladores. Há risco de morte.

Primeiros socorros

– O que fazer para brecar o processo de hipertermia
– Remova a pessoa para a sombra ou para um local com ar refrigerado;
– Retire as roupas e resfrie o corpo dela com ventilador ou compressas de água gelada, começando pela cabeça;
– Se a pessoa estiver lúcida, force-a a ingerir água, soro caseiro ou suco de frutas;
– Mantenha os pés elevados acima da cabeça;
– Não use antitérmicos;
– Monitore a temperatura. Se estiver acima dos 39° C, é hora de correr para o hospital.

Problemas são maiores em lugares úmidos

O ideal é deixar o organismo se acostumar ao ambiente antes de começar a se exercitar. Além da temperatura, o corpo precisa se acostumar à umidade relativa do ar, que varia de cidade para cidade. Ambientes muito úmidos dificultam a evaporação do suor, esclarece o fisiologista Luiz Oswaldo Rodrigues, da Universidade Federal de Minas Gerais. Resultado: mesmo com o rosto molhado, a pessoa não consegue abaixar a temperatura corporal. Em locais muito secos, também há riscos, pois a perda de água é extremamente rápida. Daí a importância da aclimatação deixar o corpo se acostumar com essas variáveis antes de partir para a ação. Durante viagens, é bom esperar uns três dias para retomar a rotina de exercícios, indica Rodrigues. Segundo dados do Ministério da Agricultura, o Pará é o estado mais quente e úmido do país. O campeão da secura é o Ceará. Apesar do calor, o Rio de Janeiro costuma ter umidade na medida certa.

Os mecanismos para esfriar o corpo

Entenda como o organismo reage diante do calorão

Suor

O hipotálamo, região do sistema nervoso, estimula as glândulas sudoríparas a retirar água e sais minerais do plasma sanguíneo para jogá-los na pele através dos poros. Ao entrar em contato com a pele quente, o suor se evapora, o que ajuda a dissipar o calor. Por isso, se você enxugar o suor, impedindo que haja a evaporação, vai continuar esquentando.

Vasodilatação

Há sensores de temperatura por toda a pele. Eles avisam ao cérebro que o corpo está aquecido. Ao receber essa mensagem, o hipotálamo aumenta o fluxo sanguíneo nas regiões superficiais do corpo para que o sangue se resfrie é por isso que o rosto fica avermelhado. Daí, mais fresco, o sangue circula pelo organismo ajudando a abaixar sua temperatura.