Quais os Melhores Cursos na Área da Saúde

Leia a respeito dos ganhos que o cursos na área da saúde é capaz oferecer pra sua vida

A visão do mercado de trabalho se decorre de acordo com o contexto financeiro no qual situa-se o mundo.

Porém indiferentemente da circunstância que está o meio de trabalho, você precisa de um salário fixo para quitar as suas despesas.

Porque, os gastos não param de surgir, você sendo contratado ou não.

Logo a fim de possuir um emprego, sendo a ocupação o primeiro ou não, e até mesmo a fim de permanecer atuando, você necessita se sobressai de outros.

Cursos na Área da Saúde

Tudo sobre cursos na área da saúde

O conceito do cursos na área da saúde é trazer o âmbito de trabalho à sua formação como aluno. Pois, ao inverso da vivência na qual você pode obter com outros cursos em ambiente online e teóricos, você perceberá situações da rotina da especialidade da e solucionará situações verdadeiras.

Pesquisas falam que uma das excelentes maneiras de ensino é aquela a qual faz uso de uma circunstância de emprego da vida real. É a forma mais fácil de aprender, ou seja, compreender o que é mostrado em classe.

Veja, nós dissemos aprender e não memorizar, afinal de contas tudo que é decorado, um dia é desmemoriado, e o que é apreendido constantemente ficará acessível.

Agora com a perspectiva de uma companhia imagine qual educando a corporação escolheria a fim de contratar ou promover?

Uma boa indicação é o curso de primeiros socorros, já que existem mais vagas em diversas áreas, como no esporte, pode também trabalhar de socorrista.

curso de primeiros socorros

Onde fazer uso do certificado do cursos na área da saúde

Diversos pensam que o certificado de um curso de aperfeiçoamento apenas pode ser empregado para o mundo de emprego, contudo estão equivocados em relação a isso.

Claro, esta é a grande função desses cursos, todavia não a única.

Então agora vamos te falar variadas chances de usar o certificado:

Certificado para Estudar com Foco no Concurso Público

Se você tem o desejo de portar garantia no emprego e adquirir um salário relativamente bom e pensa que com o concurso você pode isto, então com certeza já andou lendo e viu que vários outros pensam justamente próximo a você, o que torna o concurso público disputado

Existem diferentes livros à disposição em lojas, livrarias e em demais locais, contudo eles normalmente são muito caros. Aqui você é capaz explorar o cursos na área da saúde para estudar para concurso público de graça. Estas são somente umas das oportunidades pra aproveitar o certificado, existem muitas outras. Todavia para esta conversa não ficar tão longa, já queremos lhe falar acerca das conveniências em estar em posse o certificado do cursos na área da saúde.

Ganhos em Estar em Posse o Certificado do cursos na área da saúde

Adicionamos para você algumas vantagens de usar o certificado do cursos na área da saúde:

  • Crescimento profissional;
  • Promoção de cargo ou salário;
  • Acrescentar experiência no cv;
  • Aprimoramento de trabalho;
  • Autenticar Atividades Socioculturais;
  • Registro em concurso;
  • Horas de estágio obrigatório (checar norma de tua instituição de ensino) .

Agora que você já sabe algumas vantagens em efetuar um cursos na área da saúde básico no qual te proporciona a confiança de ensino alinhado com as práticas do trabalho e que te oferece o certificado para que você o utilize de várias formas.

 

Comprar Gás de Cozinha com Menor Preço pelo Aplicativo

Pelo site da Preço do Gás você encontra numerosos entregadores de gás de cozinha ao lado de você. Vai comparar o preço do gás num só lugar .

Solicitando on-line, além de ter rápido, você poupa, já que vai comprar do distribuidores de gás de cozinha com menor custo, da mesma marca que costuma pedir todos os meses.

Quando precisa comprar gás de cozinha a forma mais prática hoje é pedir gás de cozinha pelo aplicativo do gás. Isso porque neste momento você pode pesquisar o menor preço do gás em apenas um lugar e realizar a compra pelo aplicativo.

A entrega do gás também é muito mais veloz já que o distribuidor recebe a informação no mesmo momento.

Pelo aplicativo da Preço do Gás, além de descobrir muitos revendedores de gás, você vai localizar de vários pesos de gás de cozinha GLP, como exemplificação:

  • Gás de Cozinha 2kg
  • Gás de Cozinha 8kg
  • Gás de Cozinha 13kg
  • Botijão de Gás 20kg
  • Botijão de Gás 45kg
Pedir Gás de Cozinha Pelo Aplicativo

Buscando o Menor Preço do Gás

O botijão de gás é determinado artigo básico no processo de vida da população. E o seu valor pesa no bolso das famílias. Por causa disso que a Preço do Gás disponibiliza um aplicativo para que qualquer pessoa possa apurar o Preço do Gás mais barato.

O da Preço do Gás é muito fácil de usar. Basta fornecer o ponto da entrega do botijão de gás GLP. Em seguida o site da Preço do Gás vai exibir muitos das distribuidoras de gás que podem a fazer a entrega no local

Avaliação do Serviço dos Depósitos de Botijão de Gás GLP

Se uma pessoa executa um pedido de Botijão de Gás o exibe uma avaliação para que o depósito de gás receba uma nota.

Desse modo os próximos clientes que solicitarem o gás de cozinha GLP desses revendedores irão ver qual nota que receberam das pessoas anteriores.

Todos os revendedores cadastrados no site da Preço do Gás são licenciados de Acordo com a ANP.

Desse modo todos os revendedores de gás de cozinha passam muito mais profissionalismo para que você receba seu botijão de gás somente com revendas de Botijão de Gás de Acordo com a ANP.

Regiões onde Encontrar Depósitos Botijão de Gás

A Preço do Gás está presente em todos os locais do Brasil. Só que em alguns locais têm mais fornecedores de gás de cozinha que aparecem no app.

Em algumas regiões como Niterói tem mais depósitos de botijão de gás no aplicativo.

Se em seu bairro não ache distribuidores de botijão de gás cadastrado no app da Preço do Gás, retorne depois, conteúdo estamos sempre fazendo cadastro novos distribuidores de gás GLP

Dicas de como escolher a empresa de locação de impressoras

Veja Dicas de como escolher a empresa de locação de impressoras

Você analisou suas despesas, contou os valores e chegou à conclusão que alugar uma impressora é o melhor para sua empresa. O próximo passo é escolher uma empresa de outsourcing de impressão. Aqui, muitas pessoas ficam em dúvidas e não sabem decidir a melhor.

Por isso, decidimos listar algumas dicas que você precisa saber antes de decidir qual a melhor para os seus negócios.

Equipe especializada

Uma boa empresa de locação de impressoras possui uma equipe preparada para atender suas necessidades, sejam elas dúvidas ou esclarecimentos. Note se, na grade de funcionários, há algum tipo de gerente que será responsável por atender você e seu negócio de prontidão.

Não busque apenas o menor preço

Nós sabemos que um preço em conta, aquele com o valor ideal, é atrativo e tratado como prioridade. Quando o assunto é

terceirização de impressoras

, contudo, vale ressaltar que é interessante analisar, primeiro, todo o conjunto da oferta antes de olhar o valor.

É fundamental que você considere, antes de mais nada, os serviços oferecidos pela empresa de locação. Fique atento se eles otimizarão os recursos e o tempo do seu negócio. Se serão um facilitador pro dia-a-dia e, principalmente, se ajudarão na economia.

Lembre-se: muitas vezes o barato sai caro.

Serviços adequados para sua empresa

Bom, já que falamos em otimização, vamos aproveitar para falar mais sobre. Analise se a outsource possui serviços que realmente darão um “boom” na sua economia.

Que tipos de serviço? O de digitalização, por exemplo. Com documentos digitalizados você poupa papel sulfite e tinta de impressão. Logo, uma economia a mais. Veja se o número de impressões oferecidas por ela é o suficiente ou necessário para sua empresa. Feche um determinado número de folhas quando negociar o contrato.Outro serviço importante é o de bilhetagem, com um software de bilhetagem você consegue identificar qual departamento ou pessoa está realizando mais impressões.

Estrutura da Empresa

Tente agendar uma visita e verifique a estrutura da empresa, verifique se possuem veículos para um rápido atendimento caso você precise de suporte e troca de equipamentos, se o quadro de funcionários técnicos a disposição para atender os clientes é suficiente, se possui um estoque de equipamentos e peças para trocas em eventuais problemas.

Isso tudo pode parecer irrelevantes, mas são pontos muito importantes para você que está querendo resolver um problema e economizar ao invés de arrumar mais um problema e ter custos extras.

 

Como Cuidar de uma Orquídea Nobile Dendrobium

As orquídeas Dendrobium Nobile são uma das espécies mais populares de orquídeas. Suas flores profusas, bonitas, delicadamente perfumadas produzem uma exibição maravilhosa por até vários meses de cada vez. Este artigo vai orientá-lo sobre como cuidar de orquídeas Nobile Dendrobium. Primeiro, um resumo rápido.

Como cuidar de OrquídeasMantenha-se sob luz forte, a 18 a 30 ° C (65 a 85 ° F) e 50 a 70% de umidade. Plante em mistura para orquídea, água quando a parte superior do substrato estiver seca e fertilize levemente a cada 1-2 semanas. Ameixa após a floração. No outono, reduza a água e o fertilizante e exponha-o a temperaturas mais baixas para estimular a repleção.

Eu tenho tantas dicas úteis para compartilhar e todos os detalhes sobre como cuidar de orquídeas Dendrobium. Então continue a ler e eu vou te dizer tudo que você precisa para crescer dendrobium incrívelnobre orquídeas

Dendrobium Nobile Light Requirements

Orquídeas Dendrobium nobile requerem e toleram mais luz do que a maioria das outras orquídeas comumente cultivadas. Eles são melhor mantidos em condições de luz intensa durante todo o ano. No inverno, eles podem tolerar a luz solar direta, mas no calor do verão, você deve limitar a luz solar direta a algumas horas no início da manhã ou no final da tarde.

Uma janela voltada para o sul é melhor durante o inverno, a primavera e o outono, mas eles são melhor movidos para uma janela voltada para o leste nos meses mais quentes do verão, para reduzir o risco de chamuscar folhas.

Se você notar folhas enrugadas, pontas de folhas marrons enrugadas ou folhas amareladas ou desbotadas, isso pode ser um sinal de iluminação excessiva, e você deve mover seu dendrobium nobile para um local com condições de luz menos intensas.

orquídea Nobile Dendrobium
orquídea Nobile Dendrobium

Rega Dendrobium Nobile Orquídeas

As necessidades de água das orquídeas dendrobium variam durante o ano. Durante o crescimento ativo da orquídea no verão, regue completamente uma vez que o substrato esteja quase seco. Use o dedo para monitorar o ressecamento da mídia de envasamento, para ter uma ideia de quando precisa ser regada.

Outra boa dica é monitorar o peso do pote. Ao levantar o pote e julgar o peso, você logo saberá quando o substrato está seco e pode ter uma boa idéia de quando ele precisaregado.

Tente garantir que você forneça seu dendrobium nobre orquídea com água suficiente durante este tempo para maximizar o crescimento.

A frequência da irrigação dependerá de uma série de fatores, incluindo o tamanho do vaso, como a orquídea está ligada à raiz, as condições de temperatura e ventilação em que a planta está sendo cultivada. Ser guiado pela condição da orquídea e secura do substrato. , em vez de regar em qualquer horário definido ou um determinado número de dias.

Toda vez que você regar seu dendrobium nobile, mergulhe a mídia de envasamento completamente e deixe a água escorrer pelo fundo da panela. Regue sua orquídea dendrobium nobile pela manhã, se possível. O aumento de calor, luz e ventilação durante o dia permite que o excesso de água evapore, o que é particularmente importante para reduzir o risco de doenças fúngicas.

Uma vez que as abelhas produzem a última de suas folhas no outono, e o crescimento diminui, reduza significativamente a rega. Você deve monitorar as bengalas em busca de sinais de ressecamento e regar apenas o suficiente para evitar que a cana caia ou as folhas murcham.

Você só pode ter que regar seu dendrobium nobile a cada 2-3 semanas neste momento. A privação relativa de água é um passo importante no encorajamento do desenvolvimento de gemas e flores.

Depois de ver novos botões começando a se desenvolver, você pode aumentar a rega novamente, para fornecer água suficiente durante a fase de floração.

Que temperatura as orquídeas de Dendrobium precisam?

As orquídeas Dendrobium nobile são bastante tolerantes às variações de temperatura durante o ano e entre o dia e a noite. No entanto, para obter o melhor de sua planta e incentivá-la a reencarnar ano após ano, você deve fornecer condições de temperatura bastante específicas no outono.

Durante as fases de floração e crescimento ativo, de fevereiro a setembro, dendrobium nobreas orquídeas devem ser mantidas em temperaturas mais quentes, de 18 a 30 ° C , com temperaturas noturnas não inferiores a 12 ° C.

No outono, de outubro a janeiro, eles exigem temperaturas mais baixas , com variação significativa entre as temperaturas diurna e noturna, para estimular o desenvolvimento das gemas e flores.

Circulação de ar

Como as orquídeas dendrobium nobile requerem níveis razoavelmente altos de umidade, isso pode predispor a doença fúngica, a menos que haja fluxo de ar suficiente. Abrir uma janela em uma casa mal ventilada ou usar um ventilador oscilante pode reduzir muito o risco de doenças. Apenas tome cuidado para não expor sua orquídea a correntes de ar frias, o que pode causar a queda dos botões de vez em quando.

Escolha do recipiente de envasamento

O recipiente de envasamento deve ter muitos orifícios de drenagem e não deve ser excessivamente grande. As orquídeas Dendrobium nobile toleram muito bem a ligação das raízes, e evitar meios de envasamento excessivos ao redor das raízes melhora a drenagem e a aeração das raízes.

Eu normalmente uso um pote de plástico que é grande o suficiente para segurar as raízes do plantar,e tem muitos orifícios de drenagem. Eu sempre coloco meu dendrobiumnobre orquídeas em um pote decorativo externo para adicionar à estética quando estão em exposição e para adicionar peso para evitar que esta planta top-heavy tombe.

Isso também torna mais fácil levar a panela interna até a pia para regar a orquídea, permitindo que ela escorra completamente, antes de devolvê-la à panela decorativa.

Os potes de argila são possivelmente uma opção ainda melhor, já que a natureza porosa da argila permite uma secagem mais rápida dos meios de envasamento e reduz o risco de podridão da raiz.

Orquídeas fertilizantes Dendrobium Nobile

Fertilize seu dendrobium nobreorquídea com um fertilizante orquídea solúvel em água a cada 1-2 semanas. É melhor fazer o fertilizante com metade da força recomendada e fertilizar maisfreqüentemente, do que usar um fertilizante mais forte com menos frequência.

Dendrobiums estão em risco de toxicidade de nutrientes e queima de raízes se for usado fertilizante excessivamente forte , então fertilizar a metade da força reduz significativamente esse risco.

Se fertilizar semanalmente, basta usar água a cada 4 semanas e mergulhar completamente o substrato para enxaguar o excesso de sais fetilizantes do substrato.

Outra questão com excesso de adubação, ou usando um fertilizante particularmente rico em nitrogênio, é que isso pode causar muito crescimento de folhas verdes, ou promover a produção de keikis (filhotes de plantas de bebês), que desviarão a energia da planta de produzir mais flores.

A partir de outubro, pare de fertilizar, pois isso faz parte do processo de estimular o reaparecimento, além de reduzir a irrigação e expor seu dendrobium nobile a temperaturas mais baixas.

Não comece a fertilizar novamente até que a floração esteja quase terminada.

Flores Dendrobium nobile

As flores das orquídeas dendrobium nobile são lindas, delicadas e numerosas. Os botões se formam em pequenas pontas de flores de não mais que alguns centímetros de comprimento, que crescem a partir do caule, entre pares de folhas. Uma única cana nobile dendrobium pode ter 25-50 flores e uma planta com vários bastões florescendo irá produzir uma exibição espetacular.

As flores têm um aroma leve e doce, que é agradável, mas não avassalador.

Os botões normalmente se desenvolvem em dezembro e janeiro, com florescimento de janeiro a março no hemisfério norte. Blooms geralmente duram pelo menos 6 semanas. Condições mais frias e plantas saudáveis ​​que recebem bons cuidados podem prolongar a floração por até 12 semanas no total.

Poda e cuidado após a floração

Depois que sua planta tiver terminado a floração, você deve aparar os espinhos de flores perto da bengala. Não corte uma bengala que tenha terminado a floração, pois uma bengala individual pode re-fumegar no ano seguinte, mas ela também contém um estoque de energia que a planta pode usar para cultivar novos canaviais e crescimento vegetativo, levando ao desenvolvimento de gemas e flores em um novo cana.

Cortar uma cana velha remove essa fonte de energia, e é mais difícil para a orquídea produzir novas canas na estação seguinte.

Reblogia

Uma vez terminada a floração, aumente a rega, inicie a fertilização regular, mantenha-a a temperaturas entre 18 e 30 ° C (65 a 85 ° F) e assegure-se de que obtém muita luz brilhante para maximizar o crescimento vegetativo. Você pode esperar pelo menos alguma queda de folhas das canas que floresceram, e isso é de se esperar como dendrobiumnobre as orquídeas são semi-decíduas.

Você pode esperar que um novo crescimento vegetativo se desenvolva ao longo dos meses de abril a agosto, e é normal que um ou mais novos pseudobulbos se desenvolvam, que será o local mais provável de floração no inverno seguinte.

Eventualmente, as bengalas deixarão de produzir novas folhas, e à medida que você entra no outono, este é o momento de reduzir a rega, interromper a fertilização e reduzir as temperaturas em que a orquídea é cultivada.

Dendrobium nobreAs orquídeas normalmente produzem gemas após serem expostas a temperaturas noturnas de 10 a 15 ° C por pelo menos 4 semanas , com temperaturas diurnas de até 21 ° C (70 ° F).

Após a planta ter sido exposta a pelo menos 4 semanas de condições mais frias e noites mais frias, você pode esperar que os botões se desenvolvam em cerca de 40 a 50 dias. Depois que os botões se desenvolvem, você deve evitar a exposição a temperaturas abaixo de 12 ° C para reduzir o risco de queda dos botões.

Curiosamente, algumas das novas variedades de dendrobium nobile irão florescer sem estes requisitos específicos de cuidados, mas a menos que você esteja absolutamente certo, eu recomendaria seguir o conselho acima.

Orquídeas Dendrobiums Staking

As orquídeas Dendrobium nobile são muito pesadas, e devem ser colocadas para garantir que as canas cresçam como você deseja e reduzir o risco de tombamento do pote, o que é provável, se as hastes de sua planta estiverem crescendo em ângulo, longe de o centro do pote.

Coloque uma estaca perto e paralela à bengala e prenda a bengala à estaca com grampos ou arame que não restrinjam o crescimento da orquídea.

Obviamente, este não é o caminho natural para as orquídeas dendrobium nobile crescerem na natureza. Eles normalmente crescem unidos em outra planta e as varas são retiradas da planta. Você pode tentar esta forma alternativa de cultivar sua orquídea dendrobium nobile, desde que a panela não tombe, ou tente cultivá-la em um cesto suspenso ou em um plantador montado na parede.

Problemas Comuns Com Dendrobium Nobile Orquídeas

Nenhum guia sobre como cuidar de uma orquídea dendrobium nobile completaria sem alguns detalhes sobre os problemas comuns e como consertá-los. Felizmente, dendrobiums são bastante fáceis de cuidar e a maioria dos problemas pode ser corrigida se você estiver prestando muita atenção à saúde de sua orquídea.

Folhas amarelas

As orquídeas Dendrobium nobile podem desenvolver folhas amarelas após a fase de floração, já que elas são decíduas e você pode esperar que pelo menos algumas folhas fiquem amareladas, murcham e caiam da planta. Se isso acontecer, não se preocupe, é uma parte normal do ciclo de vida da planta.

As folhas velhas serão as mais prováveis ​​de serem retiradas da planta, então fique de olho nisso. Se você observar o amarelamento do novo crescimento durante a estação de crescimento, suspeite de um problema com a planta.

As folhas amarelas podem ser causadas por excesso de água ou submersas. Sinta as folhas para verificar a secura. As folhas secas e crocantes são um sinal de dano submarino ou solar.

Se as folhas não estiverem crocantes, verifique o meio de envasamento. Se estiver alagado, você deve examinar qualquer sinal de podridão da raiz. Se você detectar isso, repita imediatamente a orquídea, removendo as raízes afetadas, e reduza a rega daqui para frente.

As folhas amarelas também podem ser devidas à subalimentação, particularmente durante a fase de crescimento vegetativo, onde a deficiência de nitrogênio pode causar clorose foliar. No entanto, se você está alimentando sua orquídea com um fertilizante de orquídea pelo menos uma vez por mês, a chance de deficiência de nutrientes é praticamente nula.

Temperaturas excessivamente altas ou baixas podem causar o amarelecimento das folhas devido ao estresse que isso colocará na planta. Considere obter um termômetro digital que registre as temperaturas atual, máxima e mínima na área de cultivo.

A doença da orquídea e a infestação também podem causar o amarelecimento das folhas, portanto, examine o solo e a parte superior e inferior das folhas quanto a qualquer sinal de doença ou infestação. Se você identificar uma doença, certifique-se de tratá-la imediatamente e tomar medidas para evitar a recorrência.

Secando

Como mencionado anteriormente, a rega insuficiente pode causar folhas secas, castanhas e crocantes, mas também causará murchamento das folhas e secagem e encolhendodas canas. Dendrobiumnobre as orquídeas geralmente toleram mais água e são menos suscetíveis à podridão radicular do que as orquídeas phalaenopsis.

Em geral, você deve regá-las quando a superfície do solo estiver seca durante a estação de crescimento, de aproximadamente março a setembro, e apenas deixá-las secar no período de dormência de outubro a dezembro.

Você deve ser capaz de identificar facilmente uma orquídea dendrobium nobile submersa devido a folhas secas, murchas, cana enrugada e substratos secos. Aumente a rega e a planta deve se recuperar, tendo o cuidado de monitorar a secura da mídia de envasamento daqui para frente.

Murchando

Muitas das mesmas razões que podem causar o amarelecimento das folhas também podem causar murchamento. Sobre e debaixo d’água são provavelmente as razões mais comuns para a murcha, então avalie a mídia e raízes para ver qual é mais provável. Caso contrário, considere os mesmos fatores que discutimos anteriormente.

Pragas de Orquídeas Dendrobium Nobile

Orquídeas nobile Dendrobium são bastante resistentes a pragas, mas há alguns a observar. A escala é a praga mais comum encontrada nas orquídeas dendrobium nobile, mas elas também podem ser afetadas por ácaros, cochonilhas, tripes, mosca-branca, mosquitos-fungos. Para obter mais informações sobre como identificar e tratar pragas em orquídeas dendrobium nobile.

Doenças

As doenças fúngicas e bacterianas são mais prováveis ​​em uma planta sobrecarregada ou onde há umidade excessiva. A podridão macia e castanha bacteriana é uma doença bacteriana que causa manchas afundadas na água nas folhas.

Fungos Pythium e Phytophthora podem causar podridão negra que pode rapidamente devastar uma planta. Alta umidade e temperaturas aumentam o risco.

Botrytis é outra doença fúngica que pode causar manchas pretas inestéticas nas flores, destruindo a beleza das flores. Mais uma vez, a alta umidade, a água parada e as condições frias aumentam o risco. Para obter mais informações sobre identificação e tratamento de doenças comuns do dendrobium.

Pyllosticta é outra doença fúngica que causa pequenas manchas pretas nas folhas. Isso pode se espalhar muito rapidamente entre as plantas

Espero que você tenha achado este guia útil. Se você tiver alguma dúvida sobre como cuidar de um dendrobiumnobreorquídea, por favor entrar em contato e eu ficarei feliz em ajudar. Se você gostaria de aprender mais sobre cuidados com orquídeas, veja a seção de orquídeas deste site para mais informações.

 

 

Carboidratos saudáveis para a saúde

É cada vez mais comum ouvir falar em dietas que diminuem ou cortam completamente os carboidratos da alimentação. Porém, esses nutrientes são a nossa maior fonte de energia e não devem ser abolidos, basta consumir preferencialmente os carboidratos saudáveis.

Apesar de importantes, as proteínas e os lipídios não podem ser os únicos nutrientes de uma alimentação saudável. Por isso, busque consumir aqueles carboidratos que contêm fibras, pois eles promovem o bom funcionamento do intestino e criam uma sensação de saciedade.

A batata doce é um dos melhores exemplos de carboidratos saudáveis por que é rica em fibras e contém pouco açúcar, apesar do nome e do sabor adocicado. Sendo assim, ela fornece energia boa para o corpo, não ataca a diabetes e até favorece o emagrecimento.

Se você não é muito fã de batata doce, não se preocupe, existem outras opções saudáveis ara suprir as necessidades diárias de carboidratos de forma saudável. A pipoca é uma excelente alternativa, mas deve ser consumida sem manteiga e com pouco sal.

As frutas também são ótimas fontes de carboidratos saudáveis que podem e devem ser consumidas diariamente. Vale lembrar que também é importante evitar os carboidratos menos saudáveis, como os alimentos com alta concentração de açúcar refinado e farinha branca, principalmente.

A tapioca é um excelente carboidrato para a saúde, veja abaixo mais sobre ela.

Os benefícios da tapioca

Recentemente, um produto tradicional brasileiro ganhou muito destaque para melhorar a energia do corpo e está se tornando cada vez mais popular: a tapioca. Mais conhecida no Norte e Nordeste, essa iguaria está tomando conta das mesas de todo o Brasil.

E não faltam motivos para que a tapioca tenha toda essa popularidade, afinal, ela é feita a partir da farinha da mandioca – considerada o alimento do século 21. Assim como a raiz que a origina, a tapioca contém pouquíssimas calorias e é ótima para quem está de dieta.

Apesar de não conter muitos nutrientes, a tapioca é extremamente saudável porque não contém gorduras, sódio e óleo. Essas características fazem com que ela seja perfeita para substituir outro alimento muito popular na nossa alimentação, mas que não é tão saudável: o pão.

Ao contrário do tradicional pãozinho, a tapioca não engorda, não contém açúcar e glúten, portanto, pode ser consumida livremente por quem tem a doença celíaca e diabetes. O ideal é misturar outros ingredientes leves e saudáveis para recheá-la, como se fosse uma panqueca ou uma pizza.

O alimento é extremamente fácil de preparar: basta colocar uma camada fina na frigideira quente e deixar cozinhar até que fique no ponto certo.

Os Problemas Mais Comuns na Saude Bucal de Idosos

Muitos de nós sabemos que a escovação diária dos dentes e o uso do fio dental e as idas ao dentista a cada seis meses são rotinas regulares para a manter a saúde bucal em dia. Sempre nos falaram desde cedo que uma boa higiene bucal era a chave para gengivas e dentes saudáveis. Se todos estes cuidados forem feito ao longo de nossas vidas, teremos mais dentes quando ficamos mais velhos.Para evitar fazer Canal, afinal canal doi bastante e é preciso evitar este procedimento.

No entanto, você provavelmente tem um avô ou pais idosos que têm próteses parciais ou totais, a famosa dentadura. Em certos casos, a má higiene bucal é a causa raiz de alguém perder mais, se não todos, os dentes. No entanto, este não é o motivo para todos. À medida que envelhecemos, nossos dentes se desgastam como o resto de nossos corpos e, portanto, são mais propensos a doenças, infecções e complicações.

Muitos dos problemas comuns de saúde bucal que ocorrem à medida que envelhecemos são exacerbados por outros problemas de saúde e medicamentos comuns que os idosos tomam para esses problemas de saúde. Conheça os problemas mais comuns dos dentes e gengivas:

  • Perda de dente
  • Câncer oral
  • Cavidades (cárie dentária)
  • Gengivite
  • Infecções da boca
  • Incapacidade de paladar
  • Lesões de prótese
  • Candidíase oral
  • Boca seca
  • Lesões mucosas
  • Gengivas em recuo

A boca seca pode causar uma variedade de problemas de saúde bucal, ou seja, cárie dentária e doença gengival. À medida que envelhecemos, nossa produção de saliva diminui gradualmente. A saliva é o “limpador de boca” interno do corpo e desempenha um papel essencial para manter a boca saudável, funcionando adequadamente e com ótima aparência.

Quando não é produzida saliva suficiente, as bactérias aprisionadas, principalmente na forma de partículas de alimento, têm um ambiente melhor para se desenvolver e se fixar nos dentes. O ácido produzido por essa bactéria corrói o esmalte dos dentes, penetrando lentamente no dente. Se as cavidades não forem tratadas, elas podem levar à morte do dente e o dente precisará ser extraído.

Dentes cariados não tratados também podem formar uma infecção na raiz do dente, que está no osso maxilar. A infecção pode se espalhar no tecido do maxilar, tornando a mandíbula mais fraca.

Medicações para o coração e remédios para tratar pressão sangüínea, colesterol e depressão têm um efeito colateral conhecido de produzir a famosa boca seca.

Além disso, a força dos dentes e gengivas dos idosos é naturalmente enfraquecida por muitos anos de uso e desgaste. À medida que envelhecemos, por exemplo, o nosso esmalte, a cobertura protetora dura e externa do dente se deteriora gradualmente, tornando nossos dentes mais vulneráveis ​​a lesões, deterioração, infecções e manchas.

A falta de paladar, seja causada por medicação ou outras condições de saúde subjacentes, como doença renal ou doença hepática crônica, pode levar adultos mais velhos a prejudicarem involuntariamente a saúde bucal já comprometida. Isso pode incluir a adição excessiva de sal para dar sabor aos alimentos ou consumir alimentos muito quentes que queimam as gengivas.

É importante que os adultos mais velhos estejam vigilantes sobre seus cuidados com a saúde bucal. Visitas regulares a um dentista podem ajudar a prevenir ou ajudar na progressão dos problemas de saúde bucal para que os pacientes possam manter mais os dentes e ter gengivas fortes.

Como escrever conteúdos mais relevantes para seu site

Estamos vivendo uma era que o SEO e o Marketing de Conteúdo andam lado a lado. No entanto, para que essas duas estratégias tragam resultados positivos, é importante que o proprietário do negócio saiba como escrever conteúdos para sites que engajem com o leitor.

Além disso, cada conteúdo precisa ter um objetivo para que o usuário tome alguma ação esperada, seja uma ação resulte em uma compra ou na inscrição de lead em sua lista de e-mail marketing.

A escrita persuasiva é a chave para um conteúdo que realmente agregue valor ao leitor final e também alcance as metas de seu negócio.

No entanto, para que a estratégia de aumento de tráfego orgânico e de captura de leads funcione, é fundamental ir além da escrita de conteúdo relevante para o site, abordando principalmente os problemas da sua audiência.

Para lhe ensinar como fazer isso selecionamos algumas características que devem ser levados em consideração na sua produção de texto.

aprender criar um site

7 passos para aprender como escrever conteúdos para sites

Depois de aprender criar um site e torná-lo adequado para seu público, chegou o momento de criar conteúdo para interagir com sua audiência.

Para aprender como escrever um texto relevante que traga resultados positivos para sua estratégia, veja abaixo os passos necessário:

Defina uma persona

Para criar um conteúdo relevante para o blog/site, o primeiro procedimento é criar uma persona. Para você entender melhor, ela é um personagem fictício que representa o seu público-alvo, ela é desenvolvida na etapa de planejamento.

Para criar a sua é preciso identificar quais são os interesses e necessidades do seu público-alvo, para que assim possa escrever um conteúdo que seja interessante para essas pessoas.

Quanto mais informações sobre o público, mais eficientes serão as estratégias de conversão.

Coloque-se no lugar do seu público-alvo

Quando for começar a escrever coloque-se no lugar da sua audiência, isso significa que você precisa entender, o momento do seu leitor do seu site para então escrever a mensagem diretamente para ele.

Produza o texto com uma linguagem pessoal para que o leitor se sinta mais confortável e se identifique com o conteúdo que está lendo.

Posicione-se no mesmo nível de conhecimento do leitor

Quando você estiver começando a escrever coloque-se no mesmo nível de conhecimento do seu leitor, algumas pessoas produzem textos elevando o seu alto conhecimento sobre determinado assunto.

Se você criar um texto desta forma as chances do seu leitor abandonar o seu site são é enormes, ao se colocar no mesmo nível de entendimento do público eles vão se identificar melhor com o seu texto.

Não foque apenas no SEO

Para que o seu texto seja agradável para o leitor não foque apenas no SEO. Muitas equipes de redação colocam esse critério de ranqueamento do Google acima de tudo.

Claro que o SEO é importante para deixar o texto bem posicionado nos mecanismos de buscas, porém o foco principal é a solução do problema do seu público-alvo.

Aprofunde o assunto

Muitas pessoas com pouca prática na redação não sabem como escrever conteúdo para sites, mas não se preocupe se você também não tem. Uma dica que pode ajudar a produzir um conteúdo interessante é se aprofundar no assunto que você está escrevendo para entregar uma leitura mais completa para o leitor.

Portanto, sempre que for possível escreva um texto longo ou disponibilize um link para o seu visitante conhecer mais sobre o assunto abordado. Além de oferecer uma boa experiência para o visitante esse link estará ajudando no SEO da página.

Contextualize o seu conteúdo

Outro segredo para você que deseja aprender como escrever conteúdos para sites é impactar a sua audiência, para isso, é preciso é contextualizar o texto pelo o momento que o leitor está passando.

Para fazer isso, traga para o seu blog uma discussão relevante sobre a sua audiência.

Procure por sites que sejam destaques na área e observe quais matérias estão trazendo mais discussões, para saber quais são observe os comentários e compartilhamentos.

Crie um relacionamento interno

Muitas vezes o assunto é longo e não é possível colocá-lo em apenas uma página, porque o texto ficaria muito extenso e cansativo para o leitor. Para resolver esse problema você pode colocar uma linkagem interna para outros conteúdos mais completos sobre o assunto.

Considerações Finais

Como vimos, a construção de conteúdo na Internet vai além da parte técnica de como aprender a criar sites.

Seguindo esses passos acima e praticando a escrita com frequência, você conseguirá escrever textos com qualidade em pouco tempo.

Um dos segredos dos redatores profissionais é escrever textos com gatilhos mentais que deixam o leitor mais interessado no conteúdo.

Quem não tem direito ao seguro DPVAT?

DPVAT (seguro por Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) é o seguro que todas as vítimas de acidentes de trânsito possuem direito.

Não somente a vítima, mas como também os familiares das mesmas possuem direito, o que acontece é que muitas pessoas desconhecem desde seguro ou possuem poucas informações a respeito do mesmo.

Este é um seguro que pagamos obrigatoriamente todas os anos junto com o IPVA dos veículos, deste modo sempre que você precisar você não deve abrir mão de procurá-lo.

Porém é necessário saber quando você não possui direito ao seguro DPVAT, para não perder tempo entrando com a entrada do mesmo.

Quem não tem direito a receber o seguro

É importante saber que mesmo o seu veículo tenha sofrido com o acidente, mas você foi o causador, você não terá direito a receber o seguro DPVAT.

Isso acontece por que o seguro cobre apenas terceiros, ou seja, as vítimas do acidente, então mesmo se o acidente não tenha sido causado por fatores como álcool ou outros entorpecentes você não tem direito ao mesmo.

Também não tem direito ao seguro DPVAT acidentes onde estejam envolvidos barcos, aeronaves, trens e bicicletas.

Em relação às bicicletas, para se ter direito ao seguro é necessário registrar, se o mesmo foi causado por um veículo automotor, carro ou motocicleta, nestes dois casos haverá cobertura.

Porém, se o acidente não tiver qualquer relação com esses dois, não haverá cobertura, o seguro DPVAT cobre somente quando há a participação de um veículo automotor.

O seguro também não paga danos ocorridos a bens materiais, por exemplo, se o seu carro foi destruído durante o acidente, o seguro não arcará com as despesas de conserto.

Também em casos de roubo, furto ou incêndios ocorridos com o veículo o seguro DPVAT se abastecem de cobrir despesas com o consorte dos mesmos.

A cobertura nestes casos só ocorre caso o proprietário do veículo possui um seguro por meio de empresas especializadas no assunto.

Quem tem direito a receber o seguro DPVAT

Agora que você já sabe quem não possui direito a receber o seguro DPVAT e você não se encaixou em nenhum desses parâmetros, talvez você tenha direito ao mesmo.

Possuem direito a este seguro todos aqueles que foram vítimas de acidentes envolvendo veículos automotores, seja carros, motos, caminhões e até mesmo ônibus.

A indenização às vítimas destes acidentes cobre desta morte a invalidez seja permanente, total ou parcial, além de prover reembolso das despesas médicas e hospitalares gastas em decorrência do acidente.

Por exemplo, se você é um pedestre e foi atingido durante um acidente envolvendo dois carros, você além das vítimas do carro possui direito ao seguro DPVAT.

Em caso de morte, cônjuges ou companheiros de longas dados podem dar entrada na indenização do seguro.

Também, é importante lembrar que para dar a entrada no seguro DPVAT não é necessário conta com a ajuda de um advogado, o procedimento é simples e qualquer pessoa pode realizar sozinha tranquilamente.

É importante ressaltar que você pode dar entrada no seguro até três anos depois que o acidente tenha acontecido.

Novas regras do seguro DPVAT

 

Em 2016 foram estabelecidas novas regras para o seguro DPVAT, uma delas foi a unificação em relação a empresa que administra o seguro.

Desde esse ano a Seguradora Líder passou a ser responsável por todas as categorias do seguro, incluindo as categorias 3 e 4, as mais graves, que cobrem os acidentes causados por veículos coletivos urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais.

Também, com a popularidade das motos de até 50 cilindradas, o seguro passou a cobrir acidentes causados pelas mesmas e as vítimas destes acidentes.

Com a resolução de 2016, ficou estabelecido também que as despesas médicas só serão reembolsadas se forem realizadas em instituições do SUS. Despesas cujo as quais forem cobertas pelo SUS ou que forem cobertas por planos de saúde privados, não serão reembolsadas pelo seguro DPVAT.

É necessário se informar, companheiros homossexuais possuem os mesmos direitos que os casais heterossexuais, podendo dar entrada na indenização em caso de morte dos companheiros.

seguro DPVAT é um direito seu, que você paga todos os anos de forma correta, nada mais justo que você usufruir do mesmo.

Guia definitivo do Câncer de Mama

O câncer de mama é a segunda neoplasia mais frequente e a mais comum nas mulheres. Em 2012 mais de 1,5 milhões de casos foram diagnosticados e a cada ano estima-se que mais de 50 mil casos irão surgir. Apesar da grande incidência, as campanhas de conscientização como o Outubro Rosa têm mostrado a importância da prevenção do câncer de mama, melhorando muito o processo de diagnóstico e tratamento das mulheres, e por consequência, seu prognóstico.

Causas

Em aspectos gerais, o câncer é uma doença que consiste na proliferação desenfreada de células neoplásicas (diferentes das células normais do organismo). A divisão celular dessas populações é tão rápida que ocorrem formações de caroços ou mesmo massas. No caso do câncer de mama, as células mais atingidas são os ductos lactíferos (extratores de leite) e os lobos (produtores de leite).

Embora existam fatores bem delimitados que aumentam a probabilidade do desenvolvimento de câncer de mama, nem toda mulher que os apresente desenvolverá a doença. A causa primária do câncer de mama não foi delimitada ainda, sendo considerada mista (relação genética com fatores externos)

Sintomas

  • Caroços ou inchaço ao autoexame : Embora por vezes possam não ter significado clínico, o autoexame é útil para que a mulher possa, à partir da identificação de uma alteração, procurar um médico para um exame completo.
    • Mudança na textura da mama : Aqui a espessura se altera, chamamos de ‘’mama em casca de laranja’’.
    • Alterações mamilares(perda de secreção, retração, mudança de aspecto, sangramento mamilar)
    • Alteração axilar : Geralmente relacionamos com alterações dos linfonodos axilares.
    Fatores de Risco:

O câncer de mama é um acometimento multifatorial. Ou seja, dificilmente existirá apenas uma causa que explica o aparecimento da doença. Podemos citar, no entanto, fatores que aumentam a probabilidade do desenvolvimento do quadro:

  • Genética: Especialmente relacionado à mutação dos genes BRCA 1 e BRCA 2. Diversos estudos apontam a relação entre câncer de mama e hereditariedade, e mulheres com história familiar apresentam maior risco. Isso vale também para o câncer de mama em homens, entidade rara porém existente, e com prognóstico em geral ruim.
    • Fatores endócrinos: Em especial relacionados ao hormônio feminino, o estrogênio. Diversos tipos de tumores de mama são estrogênio-dependentes, de modo que o nível desse hormônio é indicativo de risco. Podemos citar pacientes que tiveram menarca precoce, uso de terapia de reposição hormonal, menopausa tardia…
    • Sobrepeso
    • Contato com radiação em região torácica
    • Idade (>50 anos)
    • Nulíparas (sem filhos)

Screening

O Brasil conta com diretrizes para o screening específico do câncer de mama. A ideia é rastrear e detectar os casos antes que eles evoluam, fazendo uma prevenção e melhora prognóstica.  O rastreamento no país baseia-se em:

  • Mulheres de 40-49 anos: Devem realizar exame clínico das mamas anualmente, feito por profissional capacitado. Em caso de dúvidas, prosseguir com mamografia
    • Mulheres de 50-69 anos: O exame clínico continua anual, mas a realização da mamografia torna-se obrigatória a cada dois anos.
    • Mulheres de 35 anos ou mais com risco elevado(mutação genética, história familiar de câncer de mama em parentes de 1º grau) : Exame clínico + mamografia anualmente.

Diagnóstico

Partindo da investigação inicial indicada no screening logo acima, a primeira ferramenta em uso é o exame clínico das mamas e dos linfonodos axilares. A mamografia é utilizada principalmente para rastreamento, podendo ser complementada com o US em caso de dúvidas (em caso de mamas muito densas ou quando buscamos saber o conteúdo de um possível cisto).

O exame diagnóstico definitivo é a biópsia do tecido mamário, realizado com uma retirada do tecido usando uma pequena agulha. A análise laboratorial poderá nos elucidar quanto à natureza do tecido.  No momento do diagnóstico firmado de câncer de mama, existem ainda exames que podem ser usados no estadiamento (avaliação do grau do câncer, presença de metástases), como a Tomografia Computadorizada, a Ressonância Magnética…

Tratamento

No Brasil, temos diversos hospitais especializados em oncologia que são muito bem conceituados, como o Hospital do Câncer de Barretos, localizado no interior do estado de São Paulo e o INCA – Instituto Nacional do Câncer.  No primeiro trimestre, chegou no Brasil um tratamento contra o câncer de mama já no estado avançado.

  • Cirurgia: É o tratamento de escolha para a grande maioria dos casos. Em casos de tumores menores, a lumpectomia (retirada parcial de tecido mamário) pode ser realizada. Em casos de risco elevado, tumor muito grande e agressivo ou já espalhado, a mastectomia radical pode ser a opção (retirada de todo o tecido mamário)
  • Radioterapia: Geralmente é utilizada em complementação à retirada de tumores pequenos na lumpectomia.
  • Quimioterapia: É a opção para impedir a metástase e a divisão celular tumoral. Pode ser tanto adjuvante (aplicada após a resolução cirúrgica) ou neoadjuvante (aplicada antes da cirurgia, visando diminuir o tumor). Além disso, é a opção em caso de metástase tumoral.

Ideias Criativas Para Ganhar Dinheiro

Que o povo brasileiro é reconhecido mundialmente pela sua criatividade todos nós já sabemos, mas será que todos brasileiros sabem usar essa criatividade para se dar bem e conseguir ganhar dinheiro?

Nossa criatividade pode ser uma boa ideia para ganhar dinheiro, diante de uma economia cada vez mais complicada em nosso país, muitas pessoas têm recorridos a ideias muito eficientes para poder sanar o problema das dividas.

Sem contar que em um mercado cada vez mais concorrido ter uma ideia diferente pode ser um diferencial para seus negócios.

Pensando nisso, resolvi criar esse artigo para poder lhe passar algumas ideias bem criativas para ganhar dinheiro e trabalhar no conforto de sua casa.

Então, continue aqui comigo e comece hoje mesmo a trabalhar em casa.

Ganhar Dinheiro Revendendo Roupas

Essa sem duvida é uma ideia muito valida e até mesmo um pouco antiga, mas que funciona muito ainda existe pessoas que chegam a ganhar mais de 20 mil reais por mês com a revenda de roupas.

Caso você não saiba é possível comprar roupas no exterior até mesmo pela internet, com um valor muito abaixo dos preços aqui do Brasil, dependendo da quantidade de roupas e do fornecedor, você consegue comprar roupas por até 300% mais baratas que as mesmas peças de roupas vendidas aqui no Brasil.

Então o que você precisa é encontrar o fornecedor correto para poder pagar bem mais baratos e ter um lucro livre muito bom.

Talvez você não queira importar roupas para vender, mas é uma boa saída para poder não pagar mais os preços exorbitantes aqui das lojas do Brasil.

Anunciar Com Seu Carro

Uma dica muito criativa e que pode te render uma boa grana, é transformar o seu carro em um espaço para anunciar.

Mesmo que seja apenas aos finais de semana, isso pode te render um bom dinheiro extra. Existem concessionárias de carros para anunciar algum feirão de automóveis etc., ou também empresas online que pagam para poder estampar suas logomarcas por algum período de tempo.

Trabalhar Com Artesanatos

Essa é sem duvidas outra excelente ideia para ganhar dinheiro em casa, trabalhar com peças artesanais pode ser uma válvula de escape muito importante para quem deseja trabalhar em casa.

Dentre muitas coisas que você pode fazer entre lembrancinhas para casamento, estão os sabonetes artesanais.

Ter um design diferenciado e elegante, e investir sempre em essências que vão agradar o seu publico.

Caso você esteja trabalhando em seu emprego convencional, não será preciso abandonar logo de casa, isso pode ser com uma fonte de renda extra.

Com o tempo e você tendo retorno, você poderá avaliar quando investir de vez nos produtos artesanais e começar a ter o seu próprio negócio e trabalhar somente em casa.

Trabalhar Com Pesquisas Pagas

Aposto que você não sabia, mas responder pesquisas tem dado um bom dinheiro para muitas pessoas.

Essa é uma oportunidade e tanto, e o melhor de tudo é que não precisa de investimento algum, a não ser abdicar do seu tempo para poder responder as pesquisas.

Trabalhar Em Casa Com Bijuterias

Uma das ideias criativas para ganhar dinheiro que tem dado mais retorno é o trabalho com bijuterias, principalmente pelo os preços, que são baratinhos e acabam atraindo muito o publico feminino.

Uma das formas é você adquirir a matéria prima que é vendida com um preço muito acessível e colocar em pratica sua imaginação, e investir na criação de brincos, colares, pulseiras, etc.

Ou você não queira ou não tenha habilidade técnica para esse tipo de criação de bijuterias, você poderá vender por divulgação.

Isso mesmo conheça o site da Imagem Folheados, faça sua inscrição e comece enviando para suas amigas, parentes, e ganhe comissões por suas vendas.

O processo de cadastramento no site é muito fácil, então comece hoje mesmo a vender suas jóias.

Trabalhar Com Blogs

Há muito tempo atrás blogs eram como uma agenda de muitas pessoas, onde elas postavam os acontecidos dos seus dias, suas viagens, etc. Uma das ideias é trabalhar no nicho de futebol e um dos assuntos quantos títulos o Botafogo tem.

Hoje em dia ele se transformou em uma ferramenta muito poderosa para poder ganhar dinheiro na internet.

Isso mesmo, você pode ganhar dinheiro na internet montando um blog, se você é bom em algum assunto, como moda, pinturas de unhas, conhece muitas receitas culinárias, conhece bem o mundo da musica, é uma excelente oportunidade de negócio para você.

Caso você queira criar um blog ou um negocio online exclusivamente para ganhar dinheiro, onde você poderá ter uma noção melhor de como funciona o poder dos blogs.

Conclusão

E agora, o que você vai fazer? Qual a sua ideia para ganhar dinheiro, você viu que há muitas possibilidades de ganhos de dinheiro em casa, então basta apenas você se identificar com alguma das opções e começar por em pratica logo suas ideias.

Caso você tenha ficado com alguma duvida, não hesite em deixar seu comentário abaixo, ou até mesmo sua sugestão.

Grande abraço, não se esqueça de curtir e compartilhar.