Os Problemas Mais Comuns na Saude Bucal de Idosos

Muitos de nós sabemos que a escovação diária dos dentes e o uso do fio dental e as idas ao dentista a cada seis meses são rotinas regulares para a manter a saúde bucal em dia. Sempre nos falaram desde cedo que uma boa higiene bucal era a chave para gengivas e dentes saudáveis. Se todos estes cuidados forem feito ao longo de nossas vidas, teremos mais dentes quando ficamos mais velhos.Para evitar fazer Canal, afinal canal doi bastante e é preciso evitar este procedimento.

No entanto, você provavelmente tem um avô ou pais idosos que têm próteses parciais ou totais, a famosa dentadura. Em certos casos, a má higiene bucal é a causa raiz de alguém perder mais, se não todos, os dentes. No entanto, este não é o motivo para todos. À medida que envelhecemos, nossos dentes se desgastam como o resto de nossos corpos e, portanto, são mais propensos a doenças, infecções e complicações.

Muitos dos problemas comuns de saúde bucal que ocorrem à medida que envelhecemos são exacerbados por outros problemas de saúde e medicamentos comuns que os idosos tomam para esses problemas de saúde. Conheça os problemas mais comuns dos dentes e gengivas:

  • Perda de dente
  • Câncer oral
  • Cavidades (cárie dentária)
  • Gengivite
  • Infecções da boca
  • Incapacidade de paladar
  • Lesões de prótese
  • Candidíase oral
  • Boca seca
  • Lesões mucosas
  • Gengivas em recuo

A boca seca pode causar uma variedade de problemas de saúde bucal, ou seja, cárie dentária e doença gengival. À medida que envelhecemos, nossa produção de saliva diminui gradualmente. A saliva é o “limpador de boca” interno do corpo e desempenha um papel essencial para manter a boca saudável, funcionando adequadamente e com ótima aparência.

Quando não é produzida saliva suficiente, as bactérias aprisionadas, principalmente na forma de partículas de alimento, têm um ambiente melhor para se desenvolver e se fixar nos dentes. O ácido produzido por essa bactéria corrói o esmalte dos dentes, penetrando lentamente no dente. Se as cavidades não forem tratadas, elas podem levar à morte do dente e o dente precisará ser extraído.

Dentes cariados não tratados também podem formar uma infecção na raiz do dente, que está no osso maxilar. A infecção pode se espalhar no tecido do maxilar, tornando a mandíbula mais fraca.

Medicações para o coração e remédios para tratar pressão sangüínea, colesterol e depressão têm um efeito colateral conhecido de produzir a famosa boca seca.

Além disso, a força dos dentes e gengivas dos idosos é naturalmente enfraquecida por muitos anos de uso e desgaste. À medida que envelhecemos, por exemplo, o nosso esmalte, a cobertura protetora dura e externa do dente se deteriora gradualmente, tornando nossos dentes mais vulneráveis ​​a lesões, deterioração, infecções e manchas.

A falta de paladar, seja causada por medicação ou outras condições de saúde subjacentes, como doença renal ou doença hepática crônica, pode levar adultos mais velhos a prejudicarem involuntariamente a saúde bucal já comprometida. Isso pode incluir a adição excessiva de sal para dar sabor aos alimentos ou consumir alimentos muito quentes que queimam as gengivas.

É importante que os adultos mais velhos estejam vigilantes sobre seus cuidados com a saúde bucal. Visitas regulares a um dentista podem ajudar a prevenir ou ajudar na progressão dos problemas de saúde bucal para que os pacientes possam manter mais os dentes e ter gengivas fortes.