Tipos de Empresa na Europa

Existem 2 tipos de empresas que podem ser abertas na europa: único (individual) ou coletiva, descubra as diferenças entre elas:

abrir-uma-empresa-na-europa

Para o empresário em nome individual não há capital mínimo necessário para abrir a empresa.

Já para Sociedade Unipessoal por quotas e Estabelecimento individual de responsabilidade limitada são necessários €500000 de capital.

Empresa Coletiva
Sociedade por quotas.
Sociedade Anônima (SA.)..
Sociedade em nome coletivo.
Sociedade em Comandita.
Cooperativa.

Já empresas coletivas podem variar o montante do capital inicial para brecha da empresa. Na Sociedade por quotas são necessários no mínimo €500000 (em quotas de preço mínimo de €100).

Na Sociedade Anônima (SA.) é preciso investimento de quando menos €5000000 dividido em ações. Para a Sociedade de nome Coletivo não há um montante especifico de capital necessário para franqueza.

Já em uma Sociedade em Comandita, o preço necessário de capital é de €5000000,, e em uma cooperativa o capital mínimo é de €250000..

Os empreendedores individuais devem levar os seguintes documentos:

Número do NIF (Número de Identificação Fiscal).
Cartão cidadão, aprovação de residência ou passaporte.
Cartão da Segurança Social (se possuir).
Nome do seu medidor em Portugal ( essencial definir de antemão da exórdio da empresa).

Depois a documentação precisa apresentar, também o nome da empresa escolhida, o acometedor irá aceitar os próximos documentos:

Pacto Social (igual o nosso Contrato Social no Brasil).
Código de entrada a Certificado Permanente de Registro Mercantil.
Código de aproximação ao Cartão eletrônico da empresa.
Número de Segurança Social da empresa ensejo.
Nos dias subsequentes a franqueza da empresa em Portugal, o empresário deverá informar quem vai ser seu contabilista (“contabilista“) – ou informar na hora da brecha, também depositar o preço do capital até 5 dias depois a exórdio da empresa. O montante deve ser depositado em uma conta em nome da sociedade.